quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Botafogo e Cruzeiro ficam no empate e falham na tentativa de subir na tabela ruim para os dois





Botafogo e Cruzeiro empatam no Engenhão

Em jogo sem emoção, equipes não passam de um simples 1 a 1
Botafogo e Cruzeiro fizeram uma partida com poucas chances de gol no Engenhão

Botafogo e Cruzeiro fizeram uma partida com poucas chances de gol no Engenhão


No duelo atrasado da 11ª rodada do Campeonato Brasileiro, Cruzeiro e Botafogo se enfrentaram nesta quinta-feira, no Engenhão e não conseguiram sair de um empate em 1 a 1. A partida teve poucas jogadas de perigo e os poucos torcedores que foram ao estádio acabaram saindo desapontados. Os gols do jogo foram marcados por Lucio Flavio para o Alvinegro e por Thiago Ribeiro para a equipe mineira.

Desde o início do jogo, os dois times mostraram muita vontade de vencer a partida. O Cruzeiro apostava em jogadas pela ala direita, principalmente com Guerrón, mas um pouco apagado, pouco ameaçou a equipe do Botafogo, tanto, que foi substituído no intervalo. Pelo lado alvinegro, as chances eram sempre criadas por enfiadas de bola nas costas dos zagueiros do adversário. Por diversas vezes, os atacantes do Glorioso acabaram na cara do goleiro Fábio, mas não conseguiam abrir o placar.

Aos 32 minutos, após inúmeras tentativas, Michael acertou um belo passe para Lucio Flavio. O Maestro recebeu sozinho na área driblou o goleiro e abriu o placar para o Botafogo.

Mesmo atrás no marcador, o Cruzeiro não conseguia assustar. O panorama do jogo só começou a mudar, quando o volante Fahel, que entrou na equipe barrando Jônatas, que vinha sendo titular, cometeu uma falta boba na entrada da área e acabou sendo expulso, após receber o segundo cartão amarelo.

Com um a mais em campo, a Raposa começou a dominar a partida, trocando passes e envolvendo a defesa alvinegra. O Botafogo tentava aumentar o placar nos contra-ataques. Aos 22 minutos da segunda etapa, Gilberto cobrou escanteio pela direita e Thiago Ribeiro, de cabeça, empatou a partida. O gol foi uma punição ao técnico Estevam Soares por ter escalado Fahel. Após o gol de empate, o Cruzeiro continuou pressionando, mas a partida acabou mesmo 1 a 1.


Neste domingo, o Botafogo volta a jogar no Engenhão, desta vez contra o Grêmio, pela 22ª rodada do Brasileiro. Já o Cruzeiro, vai até Salvador encarar o Vitória.

FICHA TÉCNICA:
BOTAFOGO 1 X 1 CRUZEIRO

Estádio: Engenhão, Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 27/08/09 - 21h
Árbitro: Heber Roberto Lopes (Fifa/PR)
Auxiliares: Gilson Bento Coutinho (PR) e Ivan Carlos Bohn (PR)
Público/Renda: 6.472 pagantes / R$ 78.092,00
Cartões amarelos: - (BOT); Fabrício, Jancarlos, Elicarlos e Marquinhos Paraná (CRU)
Cartão vermelho: Fahel , 3'/2ºT (BOT)

GOLS: Lucio Flavio, 32'/1°T (1-0); Thiago Ribeiro, 22'/2°T (1-1)

BOTAFOGO: Castillo, Alessandro, Juninho, Emerson e Thiaguinho (Jônatas, 44'/2ºT). ; Leandro Guerreiro, Fahel, Michael (Batista, 16'/2ºT) e Lucio Flavio; Victor Simões e André Lima (Reinaldo, 24'/2ºT). Técnico: Estevam Soares.

CRUZEIRO: Fábio, Jancarlos (Elicarlos, 13'/2ºT), Leonardo Silva, Thiago Heleno e Diego Renan; Fabricio, Marquinhos Paraná, Henrique, Gilberto e Guerrón (Soares, intervalo); Thiago Ribeiro. Técnico: Adilson Batista.

18 comentários:

  1. Salve Zirlei!

    Espero que o TRENEIRO MOCORONGO não invente das suas, tipo de colocar 3 zagueiros e Henrique perebão na direita hehe,material humano ele tem, então é escalar o que temos de melhor e buscar a VITÓRIA,Bostafogo tá um caco,perdeu até pra Sto André em casa,então é VENCER,subir posições e EMBALAR de vez!

    SC

    ResponderExcluir
  2. realmente nuklear holokausto o cruzeiro tem tudo para vencer o botafogo , isso acontecendo o cruzeiro volta pro páreo de novo porque a diferença de pontos vai caír muito e isso fará com que os jogadores volte a ter confiança e se deslanche de vez

    ResponderExcluir
  3. precisamos dessa vitoria hoje a qualquer custo , se o adilson não atrapalhar o time tem tudo para sair do rj com tres pontinhos que nos levarará a trinta pontos e apenas quatro do g4 porisso a obrigatoriedade da vitória no rj hoje .
    o cruzeiro hoje enfrenta tres situação que pode complicar lá no rj primeiro o juiz o ano passado fomos roubados discaradamente no jogo contra o botafogo aí mesmo nesse estadio , segundo thiago heleno na zaga dá até cala frio , não sei oque aconteceu com esse cara que era nosso principal zagueiro agora virou um peréba mór e a última situação de risco as cobranças de faltas do bota fogo lucio flavio e juninho , o fabio apesar de ser o melhor goleiro do brasil adora tomar uns golzinho de falta ele sempre faz a barreira ao contrário e quando pensa em ir na bola ela já passou , é bom o cruzeiro tomar cuidado com faltas próximo á área eles tem feito muitos gols de falta . não estou gostando desse negócio de deixar o guerrón nareserva o cara tem que ser titular com dois ou tres atacantes ele tem que sair jogando o cara joga muito para ser reserva nesse ataque do cruzeiro .

    ResponderExcluir
  4. Se o AB não inventar dah pra vencer.Será bom sairmos do Rio ao menos com um empate,pois jogaremos contra o Vitória domingo,naquele horario ruim novamente(pq o Cruzeiro so joga 18:30?!),e se conseguirmos um bom resultado lah tbm,entramos na briga por vagas na LA'10.

    Abraço Zirlei,Painel e a turma...


    PC

    ResponderExcluir
  5. Kléber é vetado e nem viajará à Bahia (27/08)
    Bruno Furtado - Portal Uai

    O atacante Kléber foi reexaminado nesta quinta-feira, no Rio de Janeiro, e acabou vetado para enfrentar o Botafogo, no Estádio Engenhão, em partida adiada da 11ª rodada do Brasileirão. O Gladiador fez tratamento intensivo nos últimos três dias para se curar de uma pubalgia, mas continuou com dores.

    Por recomendação da comissão técnica, Kléber voltará a Belo Horizonte nesta sexta-feira pela manhã e dará prosseguimento ao tratamento no Centro Avançado de Reabilitação Esportiva (Care). Segundo a assessoria do Cruzeiro, ele já está vetado para enfrentar o Vitória, no domingo, em Salvador.

    A pubalgia já havia tirado Kléber dos jogos contra o Grêmio, pela 16ª rodada, e diante do Náutico, no domingo passado, no Mineirão.

    A delegação cruzeirense deixará o Rio de Janeiro nesta sexta-feira, às 15h2, com destino a Salvador. O único treino na capital baiana antes do jogo com o Vitória será no sábado, às 10h, no CT do Bahia.

    No domingo, o jogo com o Vitória está marcado para as 18h30, no Barradão. (UAI)

    ResponderExcluir
  6. e ta joguinho feio puta que pariu , o cruzeiro não chuta no gol não tem centroavante oque aconteceu que o welingnton paulista que não esta jogando ?

    ResponderExcluir
  7. O técnico do Cruzeiro, Adilson Batista, não terá a dupla de ataque titular na partida desta quinta-feira, às 21h, contra o Botafogo, em jogo adiado da 11ª rodada do Brasileirão. O Gladiador sofre com uma pubalgia há mais de dois meses e não se recuperou para o duelo. O atleta já retornou para Belo Horizonte e é dúvida, inclusive, para a partida do próximo fim de semana, contra o Vitória, em Salvador. Wellington Paulista sentiu dores por conta de uma inflamação no pé direito durante o aquecimento no vestiário do Engenhão.

    ResponderExcluir
  8. gooooooolllll do pior do jogo thiago ribeiro a múmia da camisa 9

    ResponderExcluir
  9. esse técnico é muito medroso tirar o gilberto e colocar o vinícios zagueiro por que não coloca o dudú o bota fogo ta com dez em campo e o cara ta comedo deles segura empate vai se fuder adilson

    ResponderExcluir
  10. com esse time não chegaremos a lugar nenhum o adversário com um a menos e a besta do técnico tirando armador (armador ?) e colocando zagueiro perdemos 2 pontos por pura incompetência do técnico e do time que errou mais de 50 passes no jogo tomara que esse leandro lima de certo com a camisa 10 se não estamos ferrado .

    ResponderExcluir
  11. Gilberto horroroso, não acertou um passe, nunca foi meia e jamais será.

    Marquinhos paraná, quem disse que esse cara joga bola?

    Thiago Heleno é jogador de varzea.

    O Tiago Ribeiro Deus me livre.

    Ó céus!

    ResponderExcluir
  12. 2 pontos perdidos na CONTA DO TREINEIRO,eu disse no post de ontem que se não inventasse o Cruzeiro venceria,como pode um time não chutar no gol de um ANÃO?

    Enfim,time jogou muito mal,como pode errar tantos passes,eu queria muito subir no MURO DA TOCA pra descobrir como são os TREINOS SECRETOS DO ASNO,juro tenho essa curiosidade,porque em 1 ano e 9 meses ainda não vi esquema tático,jogadas ensaiadas,padrão de jogo e sim uma SURUBA FIGAYRA/JAPÃO!

    VAZA ADÍLSON FDP!

    ResponderExcluir
  13. a propósito o kleber esta com púlbagia ou é pombagira kkkk quando pensa que já foi baixa de novo .
    o unico que jogou bém ontem foi o fabricio , o abestalhado poderia ter levado o Rômulo porra ele jogou com dois ponteiros o guerrón na direita e o thiago ribeiro na esquerda , e todas as bolas que era lançadas nas pontas era tudo bicudas forte nem com um torpedo no rabo eles pegavam teve até um lance que o soares capotou fora do campo levando a placa no peito tamanha a velocidade da bola porra já que era para chutar bola forte para as pontas chuta no gol então quem sabe entra , não adianta ter dois ponteiros e não ter um homem de área o gilberto disse que o numero não pesa o que pesa é a posição inteligente ele né ? grande descoberta . jogar com a 10 não é só ostenta-la tem que ser o célebro do time criar jogadas , chutar a gol , bater as faltas , ser a espinha dorsal do time , se não tem competencia para isso rejeite-a ele disse que o adilson não perguntou para ele se jogaria na meia simplesmente o colocou lá . não vai demorar muito ele se queimará com a torcida pois não esta rendendo nada nessa função e digo mais o própio athirson pode tomar a vaga dele ali no meio é que o athiírson não esta tendo uma sequencia ali porque na portuguesa ele estava muito bém nessa função ao lado do EDNO e acho que se o adilson tiver coragem de dar a 10 para o leandro lima ele não sai mais do time .

    ResponderExcluir
  14. já ta virando putaria isso

    Dioguardi ainda não descarta venda de Kléber (28/08)
    Bruno Furtado - Portal Uai
    Daniela Mineiro - Portal Uai
    Reviravolta pode acontecer se o Porto apresentar proposta que atenda as partes

    A janela de transferências internacionais só se fecha na segunda-feira, dia 31, e até lá o destino do atacante Kléber poderá mudar caso surja uma proposta que atenda os interesses do Cruzeiro e do jogador.

    Embora o presidente Zezé Perrella tenha dito na quarta-feira que Kléber ficará ao menos até dezembro, o pagamento da multa rescisória de 10 milhões de euros obrigará o Cruzeiro a fechar uma eventual venda, desde que Kléber também acerte os salários.

    Nesta quinta-feira, enquanto o volante Correa era apresentado ao Atlético, o agente Giuseppe Dioguardi deixou escapar que o Porto ainda tinha interesse por Kléber. Numa conversa informal com um amigo no CT de Vespasiano, ele até cogitou um encontro com o presidente cruzeirense nesta sexta.

    Mais tarde, em contato telefônico com a reportagem, Dioguardi lembrou que a negativa do Cruzeiro às propostas do Porto não impede uma reviravolta.

    “Em nenhum momento eu encerrei a negociação. Os dois clubes não chegaram num acordo e, além disso, a sondagem feita pelo Porto ao Kléber não chegou ao que o Kléber está querendo. Não teve um final. Só não chegou no que ele quer. Se chegar no que ele pede, vale a pena mudar, seguir o projeto do Porto, que é um grande clube da Europa, vai disputar a Champions League. Se não mudar nada, ele fica no Cruzeiro, muito feliz por sinal. O Kléber não está pedindo para sair”, disse Dioguardi ao Superesportes.

    Sobre a reunião com o presidente, ele desconversou. “O Zezé Perrella foi para o Rio ver o jogo com o Botafogo. Como eu estou em Belo Horizonte, eu pretendia almoçar ou jantar com ele. Mas se ele viajou, talvez não dê”. (UAI)

    ResponderExcluir
  15. Opa,apareceu até uma POPOZUDA que entende de futebol hehe!

    Seja bem vinda à CONFRARIA!

    ResponderExcluir
  16. [Allan Kassahara] [Castanhal-Pará]sexta-feira, agosto 28, 2009 4:31:00 PM

    Mais um empate que não resolve

    O Botafogo jogou melhor que o Cruzeiro no primeiro tempo, no Engenhão, teve um pênalti não marcado e fez um gol com Lúcio Flávio, aos 32.

    Mas perdeu Fahel logo aos 3 do segundo tempo e, daí, sofreu.

    Sofreu também o empate, com Thiago Ribeiro, aos 21.

    E não sofreu mais porque Castillo até fez boas defesas e porque o Cruzeiro está bem longe de ser o que deveria ser.

    O 1 a 1 deixa o Botafogo na ZR e não resolve nada a vida do Cruzeiro.

    bém vinda popozuda

    ResponderExcluir

"Se todas as batalhas dos homens se dessem apenas nos campos de futebol, quão belas seriam as guerras".