segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

Entrevista: Tostão fala das expectativas para o Mineiro 2010










Ex-craque fala sobre favoritismo e analisa situação das equipes para o Estadual

O site do Mineiro 2010 está no ar! E nada melhor que um ícone dar o aval ao projeto e, ainda, falar sobre a disputa desse ano . O ex-craque do Cruzeiro e da Seleção Brasileira, o comentarista Tostão, falou, com exclusividade, sobre a expectativa em torno do próximo Campeonato Estadual.

Ex-jogador de América, Cruzeiro, Vasco e Seleção Brasileira, Tostão se tornou o colunista esportivo mais respeitado do Brasil. Aqui, ele fala das impressões que tem do Campeonato Mineiro. Fala do período em que foi jogador e disputou a mais importante competição de futebol de Minas Gerais.

Confira a entrevista:

Tostão, o que acha que pode acontecer no próximo Campeonato Mineiro?

Os problemas do futebol mineiro, como de qualquer outro estadual, são os mesmos. Apenas os grandes clubes têm condições de formar bons elencos e brigar pelos títulos, infelizmente. Mesmo que as equipes mineiras lutem bastante, quase nunca chegam à decisão. Esse ano é ainda mais difícil, já que Atlético e Cruzeiro têm equipes muito superiores às demais.

Pode ser que o América e o Ipatinga voltem a incomodar, já que têm que fazer um grupo capaz de disputar a Série B do Brasileiro. Mas, mesmo assim, não acredito que a decisão não saia da partida entre Atlético e Cruzeiro.

A única possibilidade é o Cruzeiro largar o Mineiro de lado, já que tem a Taça Libertadores pela frente. Mas, mesmo se disputar com um time reserva, garanto que a equipe chega à final. Só não dá pra colocar reservas contra o Atlético. No Brasileirão, o resultado foi claro.

É muito diferente o Campeonato Mineiro de hoje com o da época em que você jogava, inclusive quando foi artilheiro da competição?

Não era muito diferente. A supremacia era ainda maior, porque o Cruzeiro, quando eu joguei, naquele período de 65 a 70, estava muito bem, era campeão da Taça Brasil. Era um time logo abaixo do Santos, chegou inclusive a ganhar do Santos, e os times do interior, como hoje, eram times semiamadores.

Quando vai começar o Campeonato Estadual, se reúnem, treinam um pouco, arrumam o time e jogam. Quando acaba o Campeonato Mineiro, aqueles que não disputam as séries B e C do Campeonato Brasileiro ficam parados. Ninguém tem notícia do que estão fazendo. Evidente que tem a Taça Minas Gerais, mas, mesmo assim, eles se preparam muito em cima da hora.

Então, naquela época, como agora, a diferença de Atlético e Cruzeiro sobre os outros é muito grande. Era comum, naquela época, o Cruzeiro, em quase todos os jogos, ganhar de cinco, seis. Nós chegamos a ganhar de 10 a 0 ou 10 a 1, não me lembro. Então, era uma diferença muito grande jogar contra um time mais fraco.

Qual é a sua principal lembrança da época em que disputava o Campeonato Mineiro?

A gente jogava no interior, no Mineirão, como hoje. Eu me lembro, por exemplo, de jogos em Sabará, que hoje não tem. Jogávamos na Praia do Ó. Jogávamos em Divinópolis, contra o Guarani, que tinha um bom time. Hoje, o Guarani não está bem. Foi o início do Mineirão. A lembrança é que havia grande entusiasmo. O Mineirão passou a ser a grande atração turística. As pessoas iam não só para ver o jogo, mas também para passear. Vinham famílias do interior. Foi quando a torcida do Cruzeiro cresceu. Aqueles que torciam para os times do futebol paulista passaram a acompanhar o futebol mineiro e passaram a torcer para o Cruzeiro, que tinha um time melhor, dava show e foi campeão do Brasil. Então, o Mineirão estava sempre cheio, era uma festa muito grande. Foi um momento inesquecível da minha carreira. Por causa desse início do Mineirão e por causa do Cruzeiro, eu pude crescer na carreira, virar jogador de Seleção. Foi quando o time ganhou projeções nacionais e mundiais, um time conhecido e elogiado no Brasil todo. Foi o gancho, o início, a arrancada do Cruzeiro, que se tornou definitivamente um dos principais times do Brasil.

Você jogou no Cruzeiro em uma fase muito boa. Contra o Atlético, foram grandes confrontos, pelo Campeonato Mineiro?

Entre 65 e 70, a superioridade do Cruzeiro sobre o Atlético era nítida, era marcante. O Cruzeiro havia virado um dos principais times do Brasil e o Atlético tinha um time bom, mas a diferença era grande.
Nesse período, o Cruzeiro não perdeu para o Atlético, ganhava praticamente todos os jogos. Mas eram jogos difíceis. Mesmo o Cruzeiro tecnicamente sendo muito melhor, não era fácil ganhar, por causa da história do clássico, da rivalidade. Eram grandes clássicos. O Cruzeiro teve grandes vitórias. A que eu mais lembro foi quando o Cruzeiro venceu por 4 a 0.

É possível apontar um favorito ao título do Campeonato Mineiro?

Não. Até seria o Cruzeiro, mas o fato de a equipe disputa a Taça Libertadores pode equilibrar. O Atlético mostrou no Brasileiro que melhorou, mas ainda não é um time totalmente confiável. A diferença de um para outro não tão grande assim.

Só que o Cruzeiro é um time mais pronto. A mesma base joga há três anos, com o mesmo treinador. Luxemburgo chegou agora ao Atlético. Pode ser muito complicado, principalmente porque serão várias contratações, chegar a um entrosamento.

Acho que o Cruzeiro, em um confronto direto com o Atlético, pode levar um pouco de vantagem. Acho que existe favoritismo, mesmo em clássicos, mas não existe tanta diferença assim.

Como chega o Atlético para o Mineiro 2010?

Ainda é uma incógnita. O Atlético tem novo treinador, um treinador vaidoso, que não vem de bons resultados. Acho até que Luxemburgo é um bom técnico, mas não ganha apenas por ser Vanderlei Luxemburgo. É preciso ter jogadores disponíveis, assim como qualquer treinador.

O técnico é apenas um dos elementos que interferem no resultado de uma partida. No Brasileiro, deu para notar que o Galo precisa mesmo de algumas peças, mas não precisa jogar fora todo o trabalho feito por Celso Roth. Com boas e pontuais contratações, o Atlético pode formar uma boa equipe.

E, complementando, acho que o Galo entra, também, para ganhar a Copa do Brasil. Até pelo fato de as melhores equipes estarem na disputa da Taça Libertadores, o Atlético tem condições de chegar ao título em 2010.


Fonte: Globominas.com

13 comentários:

  1. Meu Caro Zielei

    Estamos no inicio de uma temporada, com participação na REPESCAGEM DA LA 010 e nada de reforçar a equipe.

    Tudo bem que Anderson Lessa e Pedro Ken me agradam, mas são poucos, são apenas opções.

    Tudo bem que o Uchoa e o Dudu vão subir pro time principal...mas sabemos que o destino deles nas mãos do AB será o mesmo do Bernardo, Jajá e tantos outros.

    O modelo perdedor AB, 'que não ganha nada, 'time perdedo-o-or ' COMO A MUSIQUINHA, continua instalado na TOCA.

    Além de não vir ninguém, devem sair pelo menos dois jogadores, afinal de contas, é ano eleitoral e agora financiamos duas campanhas, de papai e filhinho Perrela.

    Aí meu caro Zirlei, me vem um nene chorão, baloarte do escrotal ponto uva e de seu mentecapto criador, metido a entendedor de táticas e futebol, enfronhado em torcidinha de quinta, chamando alguns senhoris de ignorantes, mas, se esquecendo que ignorante é escrever sem nome a quem acusa e ou escrever como 'outros nomes' como foi acusado...e se for verdade, e nãoa acuso o baby, prova que além de tudo, lhe falta carater e vergonha na cara, além de dupla personalidade....o que é provável.

    Vamos com calma, existe torcida pensante, existe cruzeirense que ainda luta e vibra pelo Cruzeiro e que não mudou de time, não pe ADILSETE é CRUZEIRENSE!

    COMEMORAMOS TÍTULOS E NÃO VENDEMOS A ALMA PRO CAPETA!

    ResponderExcluir
  2. Segundo pesquisa, Cruzeiro se consolida como a maior torcida fora do eixo Rio-São Paulo
    04/01/2010 13h15
    LEANDRO CABIDO
    Siga em: twitter.com/OTEMPOesportes

    Nesse domingo, o Instituto Datafolha divulgou mais uma pesquisa sobre a preferência clubística dos torcedores brasileiros. De acordo com o levantamento, o Flamengo tem a maior porcentagem de fãs, com 19% dos entrevistados. O primeiro time mineiro ranqueado é o Cruzeiro, com 4%, na sexta posição. A Raposa se consolidou como a maior torcida do Brasil fora do eixo Rio-São Paulo. Já o Atlético, tem 2% da preferência nacional.

    Ainda de acordo com a pesquisa, em Belo Horizonte, o atual campeão mineiro se sustenta na frente do seu rival. Tem a preferência de 43%, contra 30% dos atleticanos. Em relação aos últimos dados, em 2008, a diferença entre os dois clubes da capital mineira subiu de 4% para 13%.

    O Datafolha ouviu 11.258 pessoas com 16 anos ou mais em todo o território nacional entre 14 e 18 de dezembro do ano passado. A margem de erro para o total da amostra é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

    Confira a lista das principais torcidas do Brasil

    1. Flamengo: 19%
    2. Corinthians: 13%
    3. São Paulo: 8%
    4. Palmeiras: 7%
    5. Vasco: 5%
    6. Cruzeiro: 4%
    7. Grêmio: 3%
    7. Inter: 3%
    9. Santos: 2%
    9. Atlético-MG: 2%
    9. Botafogo: 2%
    12. Fluminense: 1%
    12. Bahia: 1%

    ResponderExcluir
  3. Os 4x0 mencionados pelo Tostão. Foi em 1969, pela Taça Roberto Gomes Pedrosa. (O ROBERTÂO)
    O jogo foi no Mineirão.
    E assistido por 100 mil pessoas.

    Nunca vou contestar o Tostão.
    Mais gostaria muito, que essa entrevista, fosse a respeito de LIBERTADORES e as chances reais do Cruzeiro, na ótica do Tusta.

    Não sou adépto aos Ruralitos.
    É uma maneira enganosa de se analizar um Grande Clube.
    A entrevista mostra com detalhes.

    Sem dizer que os Perrellas usam esse escudo, como forma de auto-afirmação, ou para simplismente, enganar e encher de esperanças, torcedores estagnados. Sem visão da realidade.

    ResponderExcluir
  4. aldão

    se existem bobos no mundo, devem ter sido gerados, para que pessoas como ZEZÉ E AB os chamassem de imbecís!
    se existe quem cre...fazer o que?

    ResponderExcluir
  5. Três ausências na apresentação cruzeirense (04/01)
    Bruno Furtado - Portal Uai

    O atacante Soares e os laterais-direitos Patric e Marcos, vindo do Bahia, foram os únicos ausentes na apresentação do Cruzeiro, nesta segunda-feira à tarde, na Toca da Raposa II.

    Soares teve um problema no voo para Belo Horizonte e Marcos já havia pedido à diretoria para se integrar ao elenco na terça. Já Patric foi repassado ao Avaí de Santa Catarina. Os direitos pertencem ao Benfica.

    Como esperado, as novidades foram o goleiro Flávio, que estava emprestado ao Botafogo, o meia Pedro Ken, contratado ao Coritiba, e o atacante Anderson Lessa, trocado com o Náutico por Carlinhos Bala no final de 2008.

    Ao todo, 27 jogadores abriram a temporada. Ficam pendentes ainda as apresentações do meia-atacante Dudu e do volante Anderson Uchoa, que disputam a Copa São Paulo pelo time júnior.

    O primeiro dia da pré-temporada foi dedicado a exames com fisioterapeutas, fisiologistas, psicólogos e nutricionistas. Houve ainda uma reunião com o técnico Adílson Batista e o diretor de futebol Eduardo Maluf, ocasião em que a programação foi informada ao grupo.

    Os trabalhos físicos no campo serão iniciados nesta terça-feira. (UAI)

    Veja quem se apresentou:

    Goleiros: Fábio, Rafael e Flávio
    Laterais: Jonathan, Diego Renan e Fernandinho
    Zagueiros: Gil, Leonardo Silva, Cláudio Caçapa, Thiago Heleno, Léo Fortunato e Luizão
    Volantes: Fabrício, Henrique, Marquinhos Paraná, Elicarlos e Fabinho
    Armadores: Gilberto, Pedro Ken, Leandro Lima e Bernardo
    Atacantes: Kléber, Wellington Paulista, Thiago Ribeiro, Guerrón, Eliandro e Anderson Lessa

    ResponderExcluir
  6. Dizem que técnico não ganha jogo, MAS PERDE.
    E ESSE IMBECIL QUE DIRIGE O CRUZEIRO É UM DELES.
    Pra mim se o Cruzeiro é a PRIMEIRA ou a ÚLTIMA TORCIDA EM TAMANHO, tanto faz o que eu quero é TÍTULO e isso tão logo não vai aconteçer só nos sonhos desse PRESIDENTE OTÁRIO QUE ACHA QUE VAI GANHAR A LIBERTADORES E O MUNDIAL COM ESSE TIMECO DIRIGIDO POR ESSE TÉCNICO RETARDADO.

    ResponderExcluir
  7. Isaac, tive pensando e acho que é uma boa idéia montarmos um Consórcio pra ajuntarmos uma graninha e investirmos em jogadores como parceiros do Cruzeiro, o que vc acha???
    KKKKKKKKKKKKKKKKK
    Pena que a gente pensou nisso tarde demais né????
    Ouvi uma colega falando algo do prefeito de minha cidade dias atráz, e pensei a mesma coisa do ASnão!!
    Se tirar uma radiografia da sintura pra baixo dele, vai sair uma fila de esqueletos juntos, todos querendo a vez pra mamar!
    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
    Essa é boa!! RadiograFILA!!!

    Com relação ao elendo atual do Cruzeiro, eu gostaria de ver pelo menos mais um Zagueiro de expressão e um Atacante também de expressão!!
    Tenho certeza que pode ser necessário outras peças para outras posições, mas estas duas eu acho que são as mais carentes, posso até estar enganado!!
    De mais, acho que a principal contratação para o Cruzeiro seria de um Treinador, pq isso tá faltando faz tempo!! E até acho que temos um na rezerva (Sorín), mas o titular não quebra a perna, bem que eu torci pra isso acontecer quando ele deu aquele pulo na placa! poderia ter quebrado as duas!! KKKKKKKKKKK
    Vamos sofrendo com essa barca, uma hora o vento vira de rumo!!
    Ronaldo

    ResponderExcluir
  8. Ronaldo

    não coloco dinheiro bom em dinheiro ruim.
    misturar meu dinheiro onde tem PERRELA E ADILSON BATISTA?

    NEM UM CENTAVO Sou pobre mas sou limpinho!

    ResponderExcluir
  9. Zirlei o trem ta feio,

    Nenhum dos meus navegadores ta funcionado(Mozila, chrome, opera)

    ta dificil postar aki so com o IE8 funcionando,
    sempre q tento abrir um dos navegadores aparece a mensagem:

    o aplicativo nao pode ser aberto pq nao foi encontrado o arquivo xdull...

    ja tentei deletar e baixar denovo mas nao adiantou, o q faço?

    ResponderExcluir
  10. Parece q o netscape funcionou, não é como o firefox mas ja é melhor q o Internet Explorer 8.

    Pra q foram emprestar o Patric, e se venderem o Jonathan?

    Precisamos do Julio Cesar e mais um lateral.
    Precisamos de um meia pra jogar com o Gilberto(nao gosto do 4-3-1-2)

    E talvez de + um atacante e zaguerio.



    *alguem pode me dizer q esqema o Cruzeiro usou na LA09, pq tinhamos 4 volantes no time titular(Ramires, Fabricio, Henriquee Parana), por favor coloquem o esqema e a escalaçao!

    ResponderExcluir
  11. Cruzeiro empresta Wanderley e Jajá



    Da Toca II

    Henrique Frederico

    A diretoria do Cruzeiro definiu na tarde desta terça-feira o empréstimo dos atacantes Jajá e Wanderley, respectivamente para Ipatinga e São Caetano. Os dois jogadores foram cedidos gratuitamente por um ano. Além do campeonato estadual, os dois jogadores disputarão a Série B do Campeonato Brasileiro.

    Francisco Jaílson de Souza tem 23 anos e foi contratado pelo Cruzeiro em 2006, quando era destaque das categorias de base do Bahia. Esteve emprestado ao Ipatinga, Cabofriense, Náutico e Guarani-MG, antes de voltar à Toca da Raposa, em abril de 2008. O cearense Jajá disputou 17 partidas com a camisa celeste e não marcou gol.

    Já Wanderley Santos Monteiro Júnior, de 22 anos, foi contratado para reforçar o time estrelado no Campeonato Brasileiro de 2008. O atacante conquistou o Campeonato Mineiro de 2009 e foi emprestado para o Santo André na disputa do returno do Brasileirão da temporada passada. Wanderley disputou 21 jogos e marcou quatro gols.

    Jogo-treino

    O Cruzeiro confirmou que o primeiro jogo-treino desta temporada acontecerá no dia 16 de janeiro, às 16h, contra o Itaúna, na Toca da Raposa II.

    Confira a ficha de Jajá

    Nome completo: Francisco Jaílson de Souza
    Posição: atacante
    Data de nascimento: 29/11/1986
    Local de nascimento: Itapipoca (CE)
    Altura: 1,70 m
    Peso: 63 kg
    Carreira: Itapipoca-CE (2002); Bahia (2002 - 2005); Cruzeiro (2006); Ipatinga (2006 e 2010); Guarani-MG (2007); Cabofriense (2007); Náutico (2007); Guarani-MG (2008); Cruzeiro (2008); Vitória-BA (2009); Yamagata-JAP (2009)
    Títulos: Campeonato Baiano Juvenil 2003; Campeonato Baiano Júnior 2004; Campeonato Baiano Júnior 2005
    Artilharia: Campeonato Baiano Juvenil 2003 – 26 gols Campeonato Baiano Júnior 2004 – 20 gols Campeonato Baiano Júnior 2005 – 10 gols; Campeonato Mineiro 2008 - 7 gols
    Feito: Eleito pela Federação Baiana de Futebol como o melhor jogador do Campeonato Baiano Júnior 2005

    ResponderExcluir
  12. Élber marcou os dois gols do Cruzeiro na vitória sobre o Botafogo-SP


    O Cruzeiro derrotou o Botafogo de Ribeirão Preto por 2 a 1 na tarde desta terça-feira, em Taboão da Serra-SP, e assumiu a liderança isolada do Grupo A da Copa São Paulo, com seis pontos.

    O resultado praticamente assegura a classificação do Cruzeiro à segunda fase. Pelo regulamento da competição, vão se classificar os 23 líderes de chave e os nove melhores segundos colocados.

    Na primeira partida do grupo A, o Cruzeiro já havia goleado o São José-RS por 5 a 0. Por sua vez, o Botafogo havia derrotado o Taboão da Serra por 3 a 2.

    Nesta terça-feira, voltou a brilhar a estrela do meia Élber, autor dos dois gols, um no primeiro tempo e outro na etapa final. Na estreia da competição, ele também havia marcado duas vezes.

    O autor do gol botafoguense foi o atacante Caio.

    O próximo compromisso do Cruzeiro no Grupo A da Copa São Paulo será contra o Taboão da Serra, na sexta-feira, às 16h, novamente no Estádio José Ferez, em Taboão da Serra.

    Expulsões

    O Cruzeiro jogou desde os 17 minutos do primeiro tempo com um jogador a menos. O volante Éber foi expulso ao receber o segundo cartão amarelo. Na etapa final, o lateral-direito Gil, do Cruzeiro, e Jéferson, do Botafogo-SP, também receberam o cartão vermelho após um desentendimento. (UAI)

    CRUZEIRO 2 x 1 BOTAFOGO-SP

    Motivo: 2ª rodada da Copa São Paulo de Futebol Júnior
    Local: Estádio vereador José Ferez, em Taboão da Serra
    Árbitro: Marcelo Prieto Alfieri (SP)
    Gols: Élber aos 32 min do primeiro tempo; Caio aos 19 min e Élber aos 30 min do segundo tempo.

    Cruzeiro
    Gabriel Vasconcelos; Gil, Deivisson, Rafael Leme e Hyago; Marquinhos, Éber, Éllber (Murinho) e Dudu (Rodrigo); Sebá e Allan Júnior (Fabrício Isidoro). Técnico: Alexandre Grasseli
    Botafogo-SP
    João Lucas; Fernando, Geovani, Igor e Luiz Gustavo; Cristiano, Willian (Daniel), Sandro Silva e Álvaro (Jéferson); Wéder (Anthony) e Caio. Técnico: José Galli Neto

    Cartão amarelo: Éber, Allan Júnior e Gil (Cruzeiro); Cristiano e Sandro Silva(Botafogo-SP)
    Cartão vermelho: Éber e Gil (Cruzeiro); Jeférson

    ResponderExcluir
  13. BENALLE todo navegador tem um link para ajuda melhor tentar direto com eles não sei se esta chuvendo na sua região mais em são paulo tem dia que fica horrível por causa de tanta chuva

    ResponderExcluir

"Se todas as batalhas dos homens se dessem apenas nos campos de futebol, quão belas seriam as guerras".