quarta-feira, 10 de março de 2010

deportivo italia 2 x 2 cruzeiro jogo sofrível como diz o adilson para ser esquecido

pessoal ta rolando uma entrevista comigo nesse link confira e comente lá MEU TIME DE BOTÃO



Cruzeiro reencontrará nesta quinta-feira, a partir das 21h 15, em Caracas, um adversário histórico na Copa Santander Libertadores. O Deportivo Itália foi um dos oponentes na primeira incursão da equipe celeste em terras estrangeiras, na edição de 1967 do principal torneio do continente.

Campeão da Taça Brasil de 1966, o time de Raul, Piazza, Dirceu Lopes, Natal e Tostão disputou a Libertadores no ano seguinte. Foi a primeira das 12 participações do Cruzeiro, campeão em 1976 e 1997 e vice em 1977 e 2009.

A Venezuela foi o primeiro país visitado pelo Cruzeiro, no 46º ano de história celeste. A estreia foi em 19 de fevereiro, vitória magra sobre o Galícia, por 1 x 0, com gol salvador de Evaldo aos 49 min do segundo tempo.

O Cruzeiro retornou ao gramado do estádio Olímpico Universitário, em Caracas, já no dia 19 de fevereiro, para encarar o Deportivo Itália. Desta vez, o time celeste bateu o adversário por 3 x 0, com gols de Evaldo, e Tostão (2).

Quase um mês depois, em 20 de março, o Cruzeiro recebeu o Deportivo Itália no Mineirão. E goleou por 4 x 0, tentos anotados por Piazza, Vicente (contra) e Natal (2).

Com sete vitórias e um empate, o time celeste encerrou a primeira fase como líder do grupo 1, que além dos venezuelanos contava ainda com os peruanos Universitário e Sport Boys. Na semifinal, o Cruzeiro ficou em segundo lugar na chave que tinha os uruguaios Peñarol e Nacional e encerrou a participação a um ponto de disputar a decisão de 1967.

O Cruzeiro defenderá contra o campeão do Torneio Apertura de 2008 uma invencibilidade histórica em solo venezuelano. Foram seis jogos disputados no país até aqui, com cinco vitórias e um empate, 12 gols marcados e apenas três sofridos.




O jogo

O Cruzeiro não começou muito bem na partida e o Deportivo Itália começou assustando. Logo aos 3 min, Panigutti recebeu dentro da área e chutou firme. Fábio defendeu bem. o time celeste deu o troco dois minutos depois. Thiago Ribeiro chutou rasteiro de fora da área, o goleiro Liebeskind rebateu e depois agarrou a bola cabeceada por Kleber.

Mas foi só. Nos minutos iniciais, o Cruzeiro não conseguiu mostrar o futebol costumeiro e os donos da casa se impuseram até abrir o placar, aos 11 min. Panigutti escorou lançamento do goleiro, que chegou na medida para Blanco tocar na saída de Fábio e fazer 1 x 0.

A Raposa só começou a mudar a realidade do jogo aos 24 min, depois do cruzamento de Jonathan que resultou no cabeceio de Kleber, bem defendido por Liebeskind.

No minuto seguinte, Jonathan arriscou de fora da área, a bola desviou e saiu a escanteio. Na cobrança pelo lado direito, Roger procurou Thiago Heleno, que disputou a bola com a zaga. Ela sobrou em condições para Kleber chutar para estufar a rede e fazer 1 x 1, aos 26 min.

A partir do gol, o Cruzeiro conseguiu frear o ímpeto do adversário e manteve a posse de bola no campo de ataque por um bom tempo. Mas não conseguiu criar chances claras.

Na segunda etapa, o Deportivo Itália lançou-se ao ataque e o Cruzeiro foi efetivo logo no primeiro contra-ataque que encaixou. Após uma defesa de Fábio, o time celeste avançou em velocidade, Diego Renan recebeu na área e chutou em cima do goleiro. No rebote, Kleber apareceu bem para completar e fazer 2 x 1 aos 5 min.

A equipe celeste passou a administrar o resultado que o colocaria em boa condição no grupo 7 e aos 19 min Adilson fez a primeira substituição. Diego Renan deu lugar ao zagueiro Gil. No minuto seguinte, o Deportivo Itália empatou com McIntosh, que apareceu como um centroavante na área para completar cruzamento de Blanco e fazer 2 x 2.

Como o empate não interessava, o Cruzeiro partiu em busca do terceiro gol e o jogo ficou franco, com os dois times atacando. Adilson Batista colocou Eliandro no lugar de Roger e o time celeste passou a ter três zagueiros e três atacantes aos 29 min.

O panorama do jogo voltou a ser aquele dos minutos iniciais. O Cruzeiro encontrou dificuldade para articular jogadas e os venezuelanos dominaram as ações.

Se a situação não estava fácil, piorou muito aos 40 min, quando Kleber cometeu falta no campo de ataque, recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso. O Deportivo Itália também ficou com dez homens aos 44 min, quando Lobo, que acabara de entrar, tentou agredir Thiago Ribeiro, que em seguida deu lugar a Bernardo. Nada mais foi feito de relevante o placar ficou mesmo no 2 x 2.

DEPORTIVO ITÁLIA 2 X 2 CRUZEIRO

Motivo: 3ª rodada da fase de grupos da Copa Santander Libertadores
Data: 11/03/2010 (quinta-feira)
Local: estádio Olímpico, em Caracas-VEN
Árbitro: Carlos Vera (EQU)
Público: não informado
Renda: não informada
Gols: Blanco, aos 11 min, e Kleber, aos 26 min do primeiro tempo; Kleber, aos 5 min, e McIntosh, aos 20 min do segundo tempo

Deportivo Itália
Liebeskind; McIntosh, Maidana, López e Diez (Lobo); Morales, Giroletti; Díaz (Félix Cásseres) e Urdaneta; Blanco e Panigutti (Cristian Cásseres)
Técnico: Eduardo Saragó

Cruzeiro
Fábio; Jonathan, Thiago Heleno, Leonardo Silva e Diego Renan (Gil); Henrique, Pedro Ken, Marquinhos Paraná e Roger (Eliandro); Thiago Ribeiro (Bernardo) e Kleber
Técnico: Adilson Batista

Cartões amarelos: Leonardo Silva e Henrique (Cruzeiro); Giroletti e Morales (Deportivo Itália)
Cartões vermelhos: Kleber (Cruzeiro); Lobo (Deportivo Itália)

11 comentários:

  1. Jogo do Atlético-MG volta a ser adiado

    Galo teria que disputar nesta quarta-feira os 25 minutos que faltam do duelo de Teófilo Otoni
    Jogo entre América-TO e Galo ainda sem previsão de data (Foto: Leonardo Morais)

    Jogo entre América-TO e Galo ainda sem previsão de data (Foto: Leonardo Morais)

    LANCEPRESS!

    O presidente do TJD-MG, Sílvio Tarabal, concedeu liminar favorável à não realização dos 25 minutos restantes da partida entre América-TO e Atlético-MG nesta quarta-feira. O Galo impetrou o pedido, aceito pela Justiça, para não atuar. O confronto havia sido suspenso na semana passada por conta da forte chuva que atingiu a cidade de Teófilo Otoni e alagou o gramado do Estádio Nassri Mattar. Ainda não há uma nova data para a realização do jogo.

    Os minutos finais estavam marcados pela Federação Mineira de Futebol para serem disputados nesta quarta-feira, às 19h30. O staff do Galo, formado por supervisor de futebol, assessor de imprensa, roupeiros e massagistas está na sede da partida. Porém, os jogadores e comissão técnica, que embarcariam às 16h30, permanecerão em Belo Horizonte, onde acontecerá treino na Cidade do Galo.

    O LANCENET! entrou em contato com o diretor de comunicação do Atlético-MG, Domênico Bhering, que confirmou a decisão do TJD, mas não quis entrar em detalhes.

    - O presidente do TJD concedeu a liminar, então, para ele existe algum motivo para que o restante da partida não fosse realizado hoje. A palavra agora é com a Federação Mineira de Futebol - disse Bhering.

    ResponderExcluir
  2. sorte do cruzeiro o goleiro titular deles pega muito

    Uma tendinite impedirá o Deportivo Itália de contar com o seu goleiro titular nesta quinta-feira, o boliviano “Gato” Fernández. A missão de parar o Cruzeiro no Estádio Olímpico de Caracas caberá a Alan Liebeskind, de 25 anos, que fará a sua estreia em Copas Libertadores.

    ”Em outras Libertadores, estava como terceiro goleiro do Caracas e nunca tive chance de atuar. Agora vou aproveitar. A saída do Gato para essa partida vai ser uma perda importante, porque ele vinha bem. Mas cabe a mim aproveitar a oportunidade de demonstrar que estou num bom momento. Vou ter que fazer igual ou melhor que ele”, disse o goleiro.

    Liebeskind analisou alguns jogos do Cruzeiro e revelou o que mais lhe chamou a atenção. “Terei que estar muito atento aos atacantes e aos meio-campistas, porque gostam de chutar de longe”, comentou.

    O Deportivo Itália deverá atuar nesta quinta-feira com Liebeskind; David McIntosh (Villarreal), Marcelo Maidana, Javier López, Rafael Lobo; Gianfranco Di Julio, Leopoldo Jiménez; Evelio Hernández, Gabriel Urdaneta; Richard Blanco e Cristian Cásseres. (UAI)

    ResponderExcluir
  3. Gente

    fui ver o regulamento do campeonato mineiro e infelizmente é claro que quem remarca a data do jogo paralizado, é o TJD e não a FMF, assim, no seu pleno direito, o CAM entrou com liminar.

    Se me perguntarem se é imoral, eu digo que sim, mas se perguntarem se é legal, e sim.

    ResponderExcluir
  4. Cruzeiro: empresa mineira vai à Justiça no caso Aguilar

    Empresa responsável por gerenciamento da carreira do jogador promete tomar providências por quebra de contrato

    LANCEPRESS!

    O caso envolvendo o atacante Aguilar, que era do Cruzeiro e foi para o Desportivo Brasil, da Traffic, ganhou novo capítulo. A empresa responsável pelo agenciamento da carreira do jogador em Belo Horizonte promete acionar a justiça mediante a falta de comunicação por parte da família da promessa e também do próprio clube do grupo paulista.

    A Minas Golden Gol assinou um contrato com o pai de Aguilar para representar o jogador no dia 19 de junho do ano passado com duração de dois anos, tempo máximo permitido pela lei.

    A empresa mineira alega quebra de contrato caso seja notificada oficialmente que Aguilar é jogador do Desportivo Brasil. A multa prevista no acordo em caso de rompimento antes do prazo é de R$ 500 mil.

    - Estamos analisando o contrato existente, mas a única decisão que temos é a de que iremos tomar uma providência - disse ao LANCE! Fernando Pinto, assessor jurídico da empresa.

    O LANCE! entrou em contato com o pai de Aguilar, Clodomir, que está em Cáceres, no Mato Grosso. Ele desconhece a validade do vínculo assinado com a Minas Golden Gol.

    - Não tenho nada a declarar. O contato será feito pela empresa. O departamento jurídico da empresa vai ver se ele assinou. Tenho cópia do contrato e ele não tem validade nenhuma. Não tem prazo. E ele está lá porque quer. Ele quem pediu - afirmou o pai do atacante.

    Na semana passada, o presidente Zezé Perrella disse ao L! que tinha perdido um jogador da base para a Traffic, no caso Aguilar, e declarou guerra ao grupo.

    ResponderExcluir
  5. Se o Caracas tem um time horroroso,imagina esse Deportivo Itália?

    O Cruzeiro tem a obrigação de golear,e nada de desculpas com relação ao gramado,vento contra,viagem e etc!

    SC

    ResponderExcluir
  6. Foto: Arquivo Pessoal

    Sorín representou o Cruzeiro em partida solidária a favor do Haiti

    Da Sede Administrativa

    Bruno Faleiro

    Na noite desta quinta-feira, o Cruzeiro enfrenta o Deportivo Itália, pela Copa Santander Libertadores, na Venezuela. No entanto, na última semana, um ídolo cruzeirense também esteve em campo naquele país. Diferentemente do time azul, Sorin não jogou em busca de pontos em uma importante competição internacional, mas sim pela causa humanitária em prol dos afetados pelo terremoto no Haiti.

    Ao lado de ex-craques do futebol latino-americano como Higuita, Aguinaga, Etcheverry, Careca, Asprilla e do francês Karembeu, o cruzeirense entrou em campo contra a seleção do Haiti, que se reuniu pela primeira vez após o desastre.

    “Fui o embaixador esportivo da iniciativa. Sentia necessidade de ajudar. Acredito que as pessoas públicas têm o poder de convocar a população e essa partida foi feita com essa intenção. A América Latina ainda não tinha feito muitas ações nesse sentido e a solidariedade através do futebol é um canal”, afirmou o ídolo da torcida do Cruzeiro.

    A partida foi transmitida para mais de 150 países. Durante a transmissão, o caminho para as doações era exibido pela TV.

    Para Sorín, todos podem contribuir com o Haiti, através da fé. “Neste momento, o mais importante é a oração constante. O país foi completamente destruído e será um longo trabalho para ser reconstruído. A fé é fundamental neste momento”, disse.

    Solidariedade em Minas Gerais

    Na semana passada, o Cruzeiro recebeu do Serviço Voluntário de Assistência Social (Servas) o relatório sobre as doações dos alimentos arrecadados no jogo de despedida do craque, em novembro. Mais de 93 toneladas de mantimentos foram encaminhadas para instituições carentes em Minas Gerais. Em várias delas, Sorin participou da entrega.

    “Fico super feliz de poder ajudar, principalmente as crianças de Minas Gerais. Fico muito orgulhoso e agradecido em ter terminado a minha carreira de maneira solidária”, comemora Sorín.

    Nova carreira

    Durante o amistoso na Venezuela, Sorin foi embaixador do Cruzeiro. Ele levou duas camisas do Clube azul autografadas por todos os jogadores do atual elenco e as entregou para os capitães das equipes. As mesmas serão leiloadas e a verba arrecadada será destinada ao povo haitiano. Além disso, o argentino tirou várias fotos ao lado dos ex-craques exibindo o manto estrelado.

    Ele acredita que sua futura missão no Cruzeiro estará ligada a ações como esta. “Ainda vou conversar mais profundamente com o nosso presidente para definir exatamente como será minha atuação, que deverá começar no próximo ano. Gostaria de poder ajudar a cuidar da imagem do Cruzeiro internacionalmente, tanto no âmbito social quanto no comercial”, revela o craque.

    ResponderExcluir
  7. Ok, tomara que nosso Cruzeiro mantenha esse tabu, essa supremacia, e que traga nas bagagens os 3 pontinhos pra lah de preciosos!!!!

    Legal tambem o nosso idolo Sorin preocupado com os Haitianos e todos aqueles que necessitam de ajuda.
    Vou torcer pra que ele realmente venha trabalhar no Cruzeiro, pois esse cara tem muita moral internacionalmente falando.
    Nosso time ficaria super bem representado la fora.
    Tem tudo pra dar certo...
    Vamos torcer pra concretizacao dessa parceria.
    Avante Cruzeiro!!!!!

    ResponderExcluir
  8. o cruzeiro hoje parece o cruzeiro que jogou contra o tupi que coisa feia que lixo de time que porcaria de defesa

    ResponderExcluir
  9. É Zirlei! Bem como o Aldão vem falando desde o começo do ano! Este time não é de confiança!!
    A gente torce, torce! espera estar enganado, mas não tem jeito!!
    Alguma coisa está muito errada nesse time!
    Não existe uma explicação plausível! o time que joga bonito em um jogo e no outro parece time da roça!! fica desacreditado!!
    Vou dormir que eu ganho mais, ou perco menos!!
    Amanhã vejo a resenha do Isaac!!

    Pra o AB vou deixar a minha frase do dia:
    "Pau que nasce torto, uma hora quebra!"

    ResponderExcluir
  10. É Mano Zirlei,

    Eu sei que sou muito mal visto na blogosfera, pq sendo um Cruzeirense meto o Bambú e não sou Alice no País das Maravilhas.
    Assim como eu, tem o BISERVA-NUKLEAR-RICARDO BARROS-DR: SALOMÃO- e mais uns 50.

    Só que eu já deixei claro, desde que foi dito de que o ABestalhado ficaria: VOI TORCER CONTRA.
    Eu sou Cruzeirense! PALHAÇO NUNCA.

    Já tô esperando a Coluna do TURCÃO.
    Quero ver ele explicar o novo esquema tático do quadrúpede: 3-1-4-0-1, após a expilsão do Kléber.
    Como tirar um LE e colocar + 1 zagueiro, tirar o Roger e colocar um atacante.

    RONALDO,

    Eu te disse: Não há mais Times bobos.
    Existe sim, camiseiros de 4 PATAS.

    Estamos perto de mais um novo RECORD: Sair na 1* Fase da LA.
    Se depender de mim, estarei no pé do Rádio torcendo por essa façanha.

    ResponderExcluir

"Se todas as batalhas dos homens se dessem apenas nos campos de futebol, quão belas seriam as guerras".